Na flor da idade

Os levitas se aposentavam aos 50 anos. Parece pouco, mas como o trabalho deles exigia esforço físico considerável, não seria muito fácil continuar no ofício além dessa idade.

Uma coisa interessante é que os homens aposentados poderiam continuar a auxiliar os mais jovens. O seu esforço físico não era mais exigido, até porque, depois de anos carregando muito peso nas costas pelo deserto, não havia mais vigor para isso. Mas eles podiam ajudar os mais novos, orientar, auxiliar. O seu conhecimento não era desperdiçado, a experiência seria aproveitada sempre.

Os mais velhos sempre têm algo a nos ensinar, mesmo que já estejam debilitados pela idade, impedidos de enxergar, de caminhar, de escrever com agilidade. Mesmo que não saibam sequer ligar um computador… Acredite, seus pais e avós têm algo a ensinar que não se pode encontrar no Google. Não desperdice a experiência dos mais velhos, aproveite a oportunidade de conviver com eles para aprender, afinal, o vigor da juventude é passageiro e logo os jovens não serão mais jovens…

Você também vai gostar de ver:

Deixe aqui seu comentário sobre o Clamarei.