Tentação no deserto

Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo.

Então o diabo o levou à cidade santa, colocou-o na parte mais alta do templo e lhe disse:

“Se você é o Filho de Deus, jogue-se daqui para baixo. Pois está escrito:
‘Ele dará ordens a seus anjos a seu respeito, e com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra’”.

Jesus lhe respondeu: “Também está escrito:
‘Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus’”. 

(Mt 4:1, 5-7) – Leia também em Lc 4:9-12

Na tentativa de desviar Jesus de seus caminho, o diabo usou a própria Palavra de Deus. Compare suas palavras com o que diz Salmos 91:11-12

Porque a seus anjos ele dará ordens a seu respeito, para que o protejam em todos os seus caminhos; com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra.

Mas então isso significa que o diabo conhece a a Bíblia?

Sim, conhece. E muito! E vai usar isso sem qualquer escrúpulo contra aqueles que não souberem se defender, distorcendo palavras, inventando interpretações e usando a desculpa de que “está escrito”.

Mas como, então se defender de mais essa estratégia ardilosa?

Sendo como Jesus, conhecedor profundo da Palavra, de forma que não seja possível ser enganado pelo uso indecoroso de trechos isolados das escrituras.

Não é à toa que a bíblia é comparada à uma arma:

Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração. 
(Hb 4:12)

E se tanto nós como o diabo empenhamos a mesma espada, vencerá aquele que tiver maior intimidade com o instrumento e portanto, maior habilidade para manusear a arma e derrotar o inimigo.

Precisava de um incentivo para ler mais a bíblia? Aqui está.
Nos desertos da vida, o diabo irá usar a Palavra de Deus contra você.
E então, quem vencerá?

Você também vai gostar de ver:

Deixe aqui seu comentário sobre o Clamarei.