Archive for Cantares

Submissão e amor

Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu. (Ct 6:3)

Tem havido muitos debates a respeito do significado de Cantares. Alguns afirmam que é apenas uma alegoria do amor de Deus po Israel. Outros insistem que é uma história literal sobre o amor conjugal. Mas, na verdade, é as duas coisas; os dois significados estão presentes. Aprendemos sobre o amor, o casamento e o sexo, e vemos como a intimidade e a unicidade do relacionamento entre marido e mulher refletem o amor de Deus por seu povo. Ao ler Cantares, lembre-se de que você é amado por Deus, e comprometa-se a olhar a vida, o sexo e o casamento do ponto de vista do Senhor.

Fonte: Bíblia de Estudo – Aplicação pessoal (Ed. CPAD)

Mulheres, sujeitem-se a seus maridos, como ao Senhor,
pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja,
que é o seu corpo, do qual ele é o Salvador.

Assim como a igreja está sujeita a Cristo,
também as mulheres estejam em tudo sujeitas a seus maridos.

Maridos, amem suas mulheres,
assim como Cristo amou a igreja e entregou-se a si mesmo por ela para santificá-la, tendo-a purificado pelo lavar da água mediante a palavra,
e apresentá-la a si mesmo como igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável.
Da mesma forma, os maridos devem amar as suas mulheres como a seus próprios corpos. Quem ama sua mulher, ama a si mesmo.
Além do mais, ninguém jamais odiou o seu próprio corpo, antes o alimenta e dele cuida, como também Cristo faz com a igreja, pois somos membros do seu corpo. 
(Ef 5:22-30)

O segredo do casamento

O amor de Salomão e da mulher sulamita (infelizmente a bíblia não revela seu nome), nos brinda com lindos poemas. Mas estas palavras não foram escritas apenas para serem lidas. Coloque-as em prática no seu casamento e veja Deus agir em sua vida.

O segredo é tornar todos os dias num jardim, e todas as tardes num bosque… diariamente. Se não quisermos manter a linguagem poética, diria que o segredo é o voto de amor e de fidelidade, diariamente renovados. Devemos renovar todos os dias, os votos de amor e de fidelidade. Todos os dias, dizer a nós mesmos que amamos nossa amada ou nosso amado. Todos os dias, dizer a ela ou a ele que estamos repletos de amor e nos rendemos. Todos os dias, declarar ao mundo que nos cerca que somos fiéis – que somos dela, somos dele, somos do amor que nos conquistou, que nos roubou o coração, e não tem jeito.

Homens, homens – se temos olhos, fixemos esses olhos nos olhos de nossas amadas. Olhos que muito saltitam aqui e ali se esquecem de renovar seus votos, e os espinhos, que espinhos eram, tornam-se agradabilíssimas flores fresquíssimas, cheirosas, apetitosas, e lá se vai o amor que um dia experimentamos… e lá se vai casamento vale abaixo… Homens, homens, olhem para suas esposas, nos olhos delas (Ct 1:15b), e falem para elas que as amam (Ct 1:15a), e que suas casas são cedros, e que o teto de vocês são ciprestes (Ct 1:17), que ela é bela e seus olhos, pombas… Falem com suas esposas, maridos: tenham certeza de que elas gostam muito disso. Falem: e ouvirão a amada, suspirando – eu sou do meu amado!

Mulheres, mulheres, tratem bem de seu leito, mantendo-o viçoso (Ct 1:16b). Não sintam vergonha de olhar para seu marido e confessar aos 30 anos, aos 40, aos 50, aos 60… que ele a atrai (Ct 1:16b) e que você está viva!, e que se sente tomada de ternura e de desejo. Fale para ele que ama e que o ama (Ct 1:16a) e não se sinta menos cristã porque gosta dos beijos de sua boca (Ct 1:2). Permita-se viver ao lado de seu marido, e sinta plenamente o vigor com que Deus brindou vocês, mulheres maravilhosas, que fazem de nós homens pequenos-bobos de amor, e tolos poetas, que poesia não fazemos. Calamos de amor… é o amor quem declama.

http://www.ouviroevento.pro.br/outraspublicacoes/cantares.htm
Em 07/07/12

166º dia: Ct 5-8

Ah, declarações de amor são sempre bem-vindas!

Coloque-me como um selo sobre o seu coração; como um selo sobre o seu braço; pois o amor é tão forte quanto a morte, e o ciúme é tão inflexível quanto a sepultura. Suas brasas são fogo ardente, são labaredas do Senhor. Nem muitas águas conseguem apagar o amor; os rios não conseguem levá-lo na correnteza. Se alguém oferecesse todas as riquezas da sua casa para adquirir o amor, seria totalmente desprezado. (Ct 8:6-7)

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (I Co 13:4-7)

Deus nos ama

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (Jo 3:16)

Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus. (Ef 2:4-6)

E o próprio nosso Senhor Jesus Cristo e nosso Deus e Pai, que nos amou, e em graça nos deu uma eterna consolação e boa esperança. (II Ts 2:16)

Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que Ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados. (I Jo 4:10)

E nos convida a amar

E, respondendo Jesus, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo. (Lc 10:27)

Amados, se Deus assim nos amou, também nós devemos amar uns aos outros. (I Jo 4:11)

E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave. (Ef 5:2)

165º dia: Ct 1-4

Quanto amor no texto de hoje. Um casal apaixonado declarando um ao outro seu amor. Se todos os casamentos fossem profundos assim, certamente as separações não estariam se proliferando como vemos nos dias de hoje… Diga hoje ao seu marido/esposa que o(a) ama! Diga ‘eu te amo’ todos os dias!

Se precisar de inspiração, certamente encontrará em Cantares… Fiquem com Deus.

Eis que és formosa, meu amor, eis que és formosa;
Tu és toda formosa, meu amor, e em ti não há defeito algum.
Que belos são os teus amores, minha irmã, esposa minha!
Quanto melhor é o teu amor do que o vinho,
e a fragrância do seu perfume supera o de qualquer especiaria!
Os seus lábios gotejam a doçura dos favos de mel, minha noiva;
leite e mel estão debaixo da sua língua.

(Ct 4:1a, 7, 10,11)