Archive for Lamentações

Lágrimas

Lamentações é um poema triste, um lamento fúnebre sobre a queda de Jerusalém.

A aflição de Jeremias foi profunda. Como porta-voz de Deus ele sabia o que aguardava Judá, seu país, e Jerusalém, a capital e “cidade de Deus”. O julgamento do Senhor e a destruição sobreviriam. Assim, Jeremias chorou. Suas lágrimas não foram derramadas por motivos egoístas: ele não se lamentou por causa de uma perda ou sofrimento pessoal. Chorou porque o povo tinha rejeitado o seu Senhor, o Deus que os tinha criado, amado e que repetidamente tentava abençoar Judá. O coração de Jeremias estava partido porque ele sabia que o egoísmo e o pecado do povo acarretaria muito sofrimento e um exílio prolongado. As lágrimas de Jeremias foram de empatia e simpatia por seu povo. Seu coração estava ferido pelas mesmas atitudes que ferem o coração de Deus.

Aquilo que faz uma pessoa chorar diz muito a seu respeito; pode indicar se ela é egoísta, egocêntrica, ou se tem o coração voltado para Deus.

Qual a causa de suas lágrimas? Você chora por que seu orgulho egoísta tem sido ferido ou por que as pessoas à sua volta levam uma vida pecaminosa e rejeitam o Deus que as ama ternamente? Você chora por ter perdido algo valioso ou por que todas as pessoas à sua volta sofrerão devido à pecaminosidade em que vivem? Nosso mundo está cheio de injustiça, pobreza, guerra e rebelião contra Deus; todas estas coisas deveriam fazer-nos chorar e também agir no sentido de pregar a salvação. Leia Lamentações e aprenda o que entristece a Deus.

Fonte: Bíblia de Estudo – Aplicação pessoal (Ed. CPAD)

233º dia: Lm 1-5

Em aflição e sob trabalhos forçados, Judá foi levado ao exílio. O Senhor lhe trouxe tristeza por causa dos seus muitos pecados (Lm 1:3b, 5b).

Jeremias, o homem que viu a aflição trazida pela vara da ira de Deus (Jr 3:1), lamentou por tudo o que via seu povo passar. Mas entre suas palavras de tristeza, a confiança em Deus prevaleceu:

Lembro-me da minha aflição e do meu delírio, da minha amargura e do meu pesar.
Lembro-me bem disso tudo, e a minha alma desfalece dentro de mim.
Todavia, lembro-me também do que pode dar-me esperança:
Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis.
Renovam-se cada manhã; grande é a tua fidelidade!
Digo a mim mesmo: A minha porção é o Senhor; portanto, nEle porei a minha esperança.
O Senhor é bom para com aqueles cuja esperança está nEle, para com aqueles que O buscam;
é bom esperar tranqüilo pela salvação do Senhor. (Lm 3:19-26)