Archive for Salmos

Tentação no deserto

Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo.

Então o diabo o levou à cidade santa, colocou-o na parte mais alta do templo e lhe disse:

“Se você é o Filho de Deus, jogue-se daqui para baixo. Pois está escrito:
‘Ele dará ordens a seus anjos a seu respeito, e com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra’”.

Jesus lhe respondeu: “Também está escrito:
‘Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus’”. 

(Mt 4:1, 5-7) – Leia também em Lc 4:9-12

Na tentativa de desviar Jesus de seus caminho, o diabo usou a própria Palavra de Deus. Compare suas palavras com o que diz Salmos 91:11-12

Porque a seus anjos ele dará ordens a seu respeito, para que o protejam em todos os seus caminhos; com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra.

Mas então isso significa que o diabo conhece a a Bíblia?

Sim, conhece. E muito! E vai usar isso sem qualquer escrúpulo contra aqueles que não souberem se defender, distorcendo palavras, inventando interpretações e usando a desculpa de que “está escrito”.

Mas como, então se defender de mais essa estratégia ardilosa?

Sendo como Jesus, conhecedor profundo da Palavra, de forma que não seja possível ser enganado pelo uso indecoroso de trechos isolados das escrituras.

Não é à toa que a bíblia é comparada à uma arma:

Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração. 
(Hb 4:12)

E se tanto nós como o diabo empenhamos a mesma espada, vencerá aquele que tiver maior intimidade com o instrumento e portanto, maior habilidade para manusear a arma e derrotar o inimigo.

Precisava de um incentivo para ler mais a bíblia? Aqui está.
Nos desertos da vida, o diabo irá usar a Palavra de Deus contra você.
E então, quem vencerá?

Conhecer para obedecer

A obediência é um assunto recorrente entre Cristãos. De fato, é preciso obedecer a Deus de coração. Acontece que o princípio básico do ‘obedecer’ é o ‘conhecer’. Afinal, como será possível obedecer se as regras não forem conhecidas. Então hoje falaremos do conhecer…

Antes de dizer “Me obedeça!” os pais alertam seus filhos a respeito do que deve ser obedecido:

_ Você não pode subir aí. Me obedeça!

Conhecedores de qual é a ‘lei’, os filhos terão plenas condições de obedecê-las ou arcarão com a consequência da desobediência – aliás, não é raro que os pais já antecipem a sentença:

_ Você não pode subir aí. Me obedeça ou vai ficar sem o doce que você gosta.

Algumas vezes, também não raras, os filhos simplesmente não prestam a devida atenção às recomendações e o resultado dessa ignorância consciente é a mesma penalidade recebida no caso do descumprimento deliberado da ordem.

E o que tudo isso tem a ver com obedecer a Deus?
Bom, acho que se trata de uma boa ilustração para entendermos que:

1- Para obedecer a Deus é preciso conhecer Sua Palavra.

Deus já nos deu todas as orientações necessárias para que possamos viver de acordo com Sua vontade. Temos o privilégio de ter a bíblia à nossa disposição. Devemos usar e abusar dela. Não faça de sua bíblia mais um dos enfeites da casa. É um livro poderoso, sim, mas não como objeto e sim como Palavra Viva, mas para que estas palavras façam a diferença em nossas vidas, precisamos saboreá-las a cada dia.

As tuas mãos me fizeram e me formaram;
dá-me entendimento para aprender os teus mandamentos. 
Salmos 119:73

2- Desobedecer tem consequências

Dura realidade. É muito bom manter os olhos fitos apenas nas boas promessas que a bíblia nos traz, mas não podemos desprezar as sentenças que cairão sobre os desobedientes…

Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios,
não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores!

Ao contrário, sua satisfação está na lei do Senhor, e nessa lei medita dia e noite.
Não é o caso dos ímpios! São como palha que o vento leva.
Por isso os ímpios não resistirão no julgamento,
nem os pecadores na comunidade dos justos.

Pois o Senhor aprova o caminho dos justos,
mas o caminho dos ímpios leva à destruição! 

(Salmos 1:1-2, 4-6)

3- Não ouvir é o mesmo que desobedecer

Quando desprezamos a leitura da bíblia e erramos por desconhecer seus preceitos, estamos em desobediência.

Não basta ter uma bíblia, precisamos ler e compreender seu conteúdo.

Não basta ler a bíblia, precisamos estudar, meditar, decorar e, então, obedecer – vivendo e testemunhando os decretos do Senhor.

A tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos
e luz que clareia o meu caminho. 

(Salmos 119:105)

Fôlego para louvar

Aleluia! Aleluia!

Como é bom cantar louvores ao nosso Deus!
Como é agradável e próprio louvá-lo!
Só ele cura os de coração quebrantado e cuida das suas feridas.
O Senhor se agrada dos que o temem, dos que colocam a esperança no seu amor leal.

Grande é o nosso Soberano e tremendo é o seu poder.

Aleluia! Louvem o Senhor desde os céus, louvem-no nas alturas!
Louvem todos o nome do Senhor, pois somente o seu nome é exaltado;
a sua majestade está acima da terra e dos céus.

Louvem-no pelos seus feitos poderosos, louvem-no segundo a imensidão de sua grandeza!

Tudo o que tem fôlego louve ao SENHOR. Louvai ao SENHOR.

(Salmos 147:1, 3, 11, 5a / 148:1, 13 / 150:2, 6)

Louvai ao Senhor

Bem-aventurado aquele que tem o Deus de Jacó por seu auxílio, e cuja esperança está posta no SENHOR seu Deus. O que fez os céus e a terra, o mar e tudo quanto há neles, e o que guarda a verdade para sempre.

Redenção enviou ao seu povo; ordenou a sua aliança para sempre; santo e tremendo é o seu nome. 

Exaltado está o SENHOR acima de todas as nações, e a sua glória sobre os céus.
Quem é como o SENHOR nosso Deus, que habita nas alturas?
O qual se inclina, para ver o que está nos céus e na terra! 

Piedoso é o SENHOR e justo; o nosso Deus tem misericórdia.

Louvarei ao SENHOR durante a minha vida;
cantarei louvores ao meu Deus enquanto eu for vivo. 

Louvai ao SENHOR todas as nações, louvai-o todos os povos.
Porque a sua benignidade é grande para conosco,
e a verdade do SENHOR dura para sempre.
Louvai ao SENHOR.

(Sl 146:5-6 / 111:9 / 113:4-6 / 116:5 / 146:2 / 117:1-2)

Sol e escudo

SENHOR Deus dos Exércitos, escuta a minha oração;
inclina os ouvidos, ó Deus de Jacó!
Faze bem, ó SENHOR, aos bons e aos que são retos de coração.

Porque o SENHOR Deus é um sol e escudo;
o SENHOR dará graça e glória; não retirará bem algum aos que andam na retidão.

Louvai ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua benignidade dura para sempre.
Vinde, e vede as obras de Deus:
é tremendo nos seus feitos para com os filhos dos homens.
Pois fartou a alma sedenta, e encheu de bens a alma faminta.
Converte o deserto em lagoa, e a terra seca em fontes.

Bendizei, povos, ao nosso Deus, e fazei ouvir a voz do seu louvor,
Ao que sustenta com vida a nossa alma,
e não consente que sejam abalados os nossos pés.

Pois tu, ó Deus, nos provaste; tu nos afinaste como se afina a prata.

SENHOR dos Exércitos, bem-aventurado o homem que em ti põe a sua confiança.

(Sl 84:8 / 125:4 / 84:12 / 107:1 / 66:5 / 107:9, 35 / 66:8-10 / 84:12)

Para a iniquidade, o perdão

Se tu, SENHOR, observares as iniquidades, Senhor, quem subsistirá?
Mas contigo está o perdão, para que sejas temido

Deus tenha misericórdia de nós e nos abençoe; e faça resplandecer o seu rosto sobre nós. Para que se conheça na terra o teu caminho, e entre todas as nações a tua salvação. 

Deus nos abençoará, e todas as extremidades da terra o temerão.

(Salmos 130:3-4 / 67:1-2, 7)

Meu Pastor

Porque assim diz o Soberano Senhor:

Eu mesmo buscarei as minhas ovelhas e delas cuidarei. 
Assim como o pastor busca as ovelhas dispersas quando está cuidando do rebanho, também tomarei conta de minhas ovelhas. Eu as resgatarei de todos os lugares para onde foram dispersas num dia de nuvens e de trevas. Eu mesmo tomarei conta das minhas ovelhas e as farei deitar-se.

“Vocês, minhas ovelhas, ovelhas da minha pastagem, são o meu povo, e eu sou o Deus de vocês”, palavra do Soberano Senhor.

(Ez 34:11-12, 15, 31)

Pura vaidade

Aquele que fez o ouvido não ouvirá?
E o que formou o olho, não verá?

O SENHOR conhece os pensamentos do homem, que são vaidade
Ajuda-nos, ó Deus da nossa salvação, pela glória do teu nome;
e livra-nos, e perdoa os nossos pecados por amor do teu nome

Salmos 94:9,11 / 79:9

No tempo de Deus

Tu, Senhor, dizes: “Eu determino o tempo em que julgarei com justiça.” (Sl 75:2)

Deus agirá de acordo com o Seu cronograma.
As crianças têm dificuldade de compreender o conceito de tempo. “Ainda não é o momento” não é uma resposta que entendem com facilidade, porque só vêem o presente.
Como seres humanos, somos limitados, não podemos entender a perspectiva de Deus a respeito do tempo. Queremos tudo agora, ignoramos que o cronograma do Senhor é o melhor. Quando for a hora, Ele fará o que for necessário, não o que gostaríamos que fizesse. Podemos ser tão impacientes quanto as crianças, mas não devemos duvidar da sabedoria dos planos de Deus.
Espere que Ele revele seu plano. Não tente encontrar as soluções sozinho.

Fonte: Bíblia de Estudo – Aplicação pessoal (Ed. CPAD)

Força do coração

O meu corpo e o meu coração poderão fraquejar,
mas Deus é a força do meu coração e a minha herança para sempre.
(Sl 73:26)

Esse pequeno versículo diz muito. Que tal memorizá-lo hoje? Não será bom lembrar-se sempre destas palavras ao enfrentar momento de fraquezas? Então, por que não?

FIQUEM COM DEUS