Tag Archive for Barnabé

Disputas e contendas

Algum tempo depois, Paulo disse a Barnabé: “Voltemos para visitar os irmãos em todas as cidades onde pregamos a palavra do Senhor, para ver como estão indo”.
Barnabé queria levar João, também chamado Marcos.
Mas Paulo não achava prudente levá-lo, pois ele, abandonando-os na Panfília, não permanecera com eles no trabalho.
Tiveram um desentendimento tão sério que se separaram. Barnabé, levando consigo Marcos, navegou para Chipre, mas Paulo escolheu Silas e partiu, encomendado pelos irmãos à graça do Senhor. 
(At 15:36-40)

Neste trecho da Palavra de Deus, temos o relato de uma briga entre dois ministros, nada menos do que Paulo e Barnabé, simplesmente porque Barnabé desejava que seu sobrinho João Marcos viajasse com eles. Entretanto Paulo não achava que João Marcos fosse digno desta honra, nem que ele estaria apto para o serviço, já que durante a viagem anterior os havia abandonado sem avisar ou pedir consentimento (At 13:13). Como sabemos, este desentendimento foi resolvido e com ele se cumpriu o propósito de Deus, já que separados, puderam disseminar o evangelho a um número maior de pessoas.

Mas interessante é perceber que mesmo o melhor dos homens é apenas homem e está, portanto, sujeito às mesmas paixões que nós. Talvez tenha havido falhas de ambos os lados, como é comum em tais situações – Apenas Cristo é homem digno de servir de exemplo, imaculado. Então, não devemos estranhar se houver diferenças entre homens sábios e bons, assim como aconteceu com Paulo e Barnabé. Afinal, vai ser assim enquanto estivermos neste estado mortal imperfeito – nunca seremos todos uma só mente até chegarmos ao céu.

Precisamos entender que o mal, o orgulho e a paixão, que são encontrados até mesmo em homens de bem, fazem o mundo – e fazem a igreja!

Muitos dos que habitavam em Antioquia e que tinham ouvido falar pelo menos um pouco da devoção e da piedade de Paulo e Barnabé, agora ouviam sobre o seu litígio e separação. Assim também acontecerá conosco se dermos lugar à disputa e deixaremos de alcançar almas para Cristo enquanto alimentamos a discussão.

Em suas epístolas, escritas após este evento, Paulo fala com estima e afeto tanto de Barnabé como de Marcos.

Que todos os que confessam o Teu nome, ó piedoso Salvador, sejam completamente reconciliados por esse amor derivado de Ti, que não se irrita facilmente e que logo se esquece das feridas, enterrando-as.

Traduzido e adaptado de Bible Gateway (comentários de Matthew Henry – Atos 15)

Da maneira de Deus

A cada dia mais ouvimos falar de grupos de pessoas que afirmam estar fazendo coisas em nome de Deus ainda não pareçam verdadeiramente servi-Lo.

Como exemplo, podemos citar cultos liderados por um líder com o magnetismo pessoal, que atrai as pessoas para si mesmo com promessas, afirmando ter conhecimento especial de Deus – a igreja cresce em número de pessoas, mas nem sempre tem Cristo como guia.

Para evitar ser levado por esse tipo de pessoa, pode ser útil olhar de perto as sugestões de Watchman Nee, um escritor cristão chinês. Ele disse que Deus vai abençoar:

  • o que Ele inicia
  • o que depende Dele para ter sucesso
  • o que é feito de acordo com a Sua Palavra
  • o que é feito para a Sua glória

O trabalho de Paulo e Barnabé em sua primeira viagem missionária estava de acordo com essas orientações. Como lemos em Atos 13:1-12, vemos que:

  • foi Deus que deu início ao trabalho (v.2)
  • o povo dependia de Deus (v.3)
  • o trabalho foi feito de acordo com a Palavra de Deus (v.5)
  • Deus recebeu a glória (v.12)

Sempre que nos perguntarmos se algum trabalho de que ouvimos é feito com a bênção de Deus, podemos aplicar esse teste das quatro etapas. É uma boa maneira de verificar que as coisas estão sendo feitas da maneira de Deus e não do homem.

Fonte: Our Daily Bread