Tag Archive for casamento

Submissão e amor

Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu. (Ct 6:3)

Tem havido muitos debates a respeito do significado de Cantares. Alguns afirmam que é apenas uma alegoria do amor de Deus po Israel. Outros insistem que é uma história literal sobre o amor conjugal. Mas, na verdade, é as duas coisas; os dois significados estão presentes. Aprendemos sobre o amor, o casamento e o sexo, e vemos como a intimidade e a unicidade do relacionamento entre marido e mulher refletem o amor de Deus por seu povo. Ao ler Cantares, lembre-se de que você é amado por Deus, e comprometa-se a olhar a vida, o sexo e o casamento do ponto de vista do Senhor.

Fonte: Bíblia de Estudo – Aplicação pessoal (Ed. CPAD)

Mulheres, sujeitem-se a seus maridos, como ao Senhor,
pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja,
que é o seu corpo, do qual ele é o Salvador.

Assim como a igreja está sujeita a Cristo,
também as mulheres estejam em tudo sujeitas a seus maridos.

Maridos, amem suas mulheres,
assim como Cristo amou a igreja e entregou-se a si mesmo por ela para santificá-la, tendo-a purificado pelo lavar da água mediante a palavra,
e apresentá-la a si mesmo como igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável.
Da mesma forma, os maridos devem amar as suas mulheres como a seus próprios corpos. Quem ama sua mulher, ama a si mesmo.
Além do mais, ninguém jamais odiou o seu próprio corpo, antes o alimenta e dele cuida, como também Cristo faz com a igreja, pois somos membros do seu corpo. 
(Ef 5:22-30)

O segredo do casamento

O amor de Salomão e da mulher sulamita (infelizmente a bíblia não revela seu nome), nos brinda com lindos poemas. Mas estas palavras não foram escritas apenas para serem lidas. Coloque-as em prática no seu casamento e veja Deus agir em sua vida.

O segredo é tornar todos os dias num jardim, e todas as tardes num bosque… diariamente. Se não quisermos manter a linguagem poética, diria que o segredo é o voto de amor e de fidelidade, diariamente renovados. Devemos renovar todos os dias, os votos de amor e de fidelidade. Todos os dias, dizer a nós mesmos que amamos nossa amada ou nosso amado. Todos os dias, dizer a ela ou a ele que estamos repletos de amor e nos rendemos. Todos os dias, declarar ao mundo que nos cerca que somos fiéis – que somos dela, somos dele, somos do amor que nos conquistou, que nos roubou o coração, e não tem jeito.

Homens, homens – se temos olhos, fixemos esses olhos nos olhos de nossas amadas. Olhos que muito saltitam aqui e ali se esquecem de renovar seus votos, e os espinhos, que espinhos eram, tornam-se agradabilíssimas flores fresquíssimas, cheirosas, apetitosas, e lá se vai o amor que um dia experimentamos… e lá se vai casamento vale abaixo… Homens, homens, olhem para suas esposas, nos olhos delas (Ct 1:15b), e falem para elas que as amam (Ct 1:15a), e que suas casas são cedros, e que o teto de vocês são ciprestes (Ct 1:17), que ela é bela e seus olhos, pombas… Falem com suas esposas, maridos: tenham certeza de que elas gostam muito disso. Falem: e ouvirão a amada, suspirando – eu sou do meu amado!

Mulheres, mulheres, tratem bem de seu leito, mantendo-o viçoso (Ct 1:16b). Não sintam vergonha de olhar para seu marido e confessar aos 30 anos, aos 40, aos 50, aos 60… que ele a atrai (Ct 1:16b) e que você está viva!, e que se sente tomada de ternura e de desejo. Fale para ele que ama e que o ama (Ct 1:16a) e não se sinta menos cristã porque gosta dos beijos de sua boca (Ct 1:2). Permita-se viver ao lado de seu marido, e sinta plenamente o vigor com que Deus brindou vocês, mulheres maravilhosas, que fazem de nós homens pequenos-bobos de amor, e tolos poetas, que poesia não fazemos. Calamos de amor… é o amor quem declama.

http://www.ouviroevento.pro.br/outraspublicacoes/cantares.htm
Em 07/07/12

Mulher exemplar

Uma esposa exemplar; feliz quem a encontrar! É muito mais valiosa que os rubis.

Seus filhos se levantam e a elogiam; seu marido também a elogia, dizendo: “Muitas mulheres são exemplares, mas você a todas supera”.

A beleza é enganosa, e a formosura é passageira; mas a mulher que teme ao Senhor será elogiada.

(Pv 31:10, 28-30)

Mulheres, a melhor qualidade que podemos ter é o temor ao Senhor. Assim seremos elogiadas e consideradas esposas exemplares.

Homens, a esposa temente ao SENHOR é um bem precioso. Reconheçam e retribuam seu amor e lealdade.

Mulher virtuosa

Abigail era uma esposa dedicada e submissa, mas quando seu marido Nabal tomou uma decisão que contrariava a vontade de Deus e que certamente traria dor e sofrimento para sua casa, ela decidiu agir.

Abigail tinha consciência da maldade de Nabal (1 Sm 25:25), apesar disso sua atitude corajosa evitou um massacre, poupando inclusive, a vida do próprio Nabal.

Nabal era homem rico e desdenhou de Davi e seus soldados. Mas Abigail viu além dos homens maltrapilhos em busca de provisão. Ela teve humildade e visualizou a situação como um todo. Não agiu por impulso, mas tomou a sábia decisão de agir em prol da paz, certa de que esta era a vontade de Deus, que não se alegraria com a morte de inocentes causadas por vingança e ira.

Nadal acabou morrendo, mas pelas mãos do SENHOR e não de Davi (1 Sm 25:37). E Abigail, que mais tarde se tornou esposa do rei Davi foi a grande heroína dessa história.

Uma só carne

Raquel e Lia eram irmãs, mas não se pode dizer que eram amigas, já que viviam em constante disputa pelo amor e atenção do marido Jacó.

Mas, quando o assunto foi defender a família, elas surpreendentemente concordaram. Apoiaram o marido a fazer tudo o que Deus havia mandado, já que isso era o correto e o melhor para todos. Raquel e Lia não pertenciam mais à família de seu pai e entendiam isso – agora formavam uma nova família, a família de Jacó. (Gn 6-16)

Ainda hoje, apesar de não vivermos em uma sociedade onde casamentos são arranjados pelos pais (pelo menos não ostensivamente), muitas famílias são destruídas antes mesmo de ficarem sólidas pela dificuldade em aceitar que com o casamento ‘deixamos pai e mãe’. Homens e mulheres se casam, mas não entendem que formam juntos, uma nova família – continuam vivendo em dependência de seus pais, psicológica, financeira e/ou emocionalmente.

A família instituída por Deus está sendo destruída pelos homens – é cada vez mais raro encontrar casais de um único casamento.

A sociedade prega a individualidade, cuja consequência é o afastamento do casal. Por outro lado, a Palavra de Deus alerta para que o casal seja ‘uma só carne’. E qual destas regras de conduta devem ser observadas?

183º dia: Os 1-4

Da mesma forma como a esposa de Oséias foi infiel, o traiu, envergonhou e abandonou, assim também agiu o povo de Israel em relação a Deus.

O texto de hoje retrata o povo de Israel como a esposa adultera, os falsos deuses como seus amantes e Deus como o marido traído e abandonado. É uma boa ilustração para a situação.
Israel abandona sua família para ir atrás dos amantes, que lhe dão comida, água, lã, linho, azeite e bebida. Corre atrás dos seus amantes, mas não os alcança; procura por eles, mas não os encontra. Então declara: ‘Voltarei para o meu marido como no início, pois eu estava bem melhor do que agora’ (Os 2:5,7).
Não há lugar melhor do que ao lado de Deus, o amado esposo que provê à sua família o trigo, o vinho e o azeite; que cobre sua esposa de ouro e de prata, (Os 2:8). Aquele que já perdoou o nosso adultério e que deseja se casar conosco para sempre, com justiça e retidão, com amor e compaixão (Os 2:19).

160º dia: Pv 29-31

Bom dia pessoal!!! Estou muito feliz. São 160 dias de desafio cumprido e chego ao final de mais um livro.

Provérbios me ensinou muito e estou certa que a você também.

O texto de hoje fala muito sobre mulheres. Sim mulheres, Provérbios termina com a descrição da mulher virtuosa. Um guia completo!
Às vezes, depois de ler o texto e antes de postar aqui no blog, eu faço uma pesquisa na internet e leio algumas coisas a respeito dos assuntos tratados. Hoje encontrei um bom artigo sobre Provérbios 31 que recomendo e você pode visitar clicando aqui. Fique com Deus!

Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis.
Seu marido tem plena confiança nela e nunca lhe falta coisa alguma.Ela só lhe faz o bem, e nunca o mal, todos os dias da sua vida.
Reveste-se de força e dignidade; sorri diante do futuro.
Fala com sabedoria e ensina com amor.
Seus filhos se levantam e a elogiam; seu marido também a elogia, dizendo:
“Muitas mulheres são exemplares, mas você a todas supera”.
A beleza é enganosa, e a formosura é passageira; mas a mulher que teme ao Senhor será elogiada.
Que ela receba a recompensa merecida, e as suas obras sejam elogiadas à porta da cidade.
(Pv 31:10-12, 25, 26, 28-31)

155º dia: Pv 12-14

Provérbios é um livro de contrastes, de comparações, o que é muito legal, porque o entendimento fica fácil. Quase todos os versos poderiam ser traduzidos em ilustrações… Conforme vou lendo, consigo ‘visualizar’ as cenas. São frase curtas, mas cheias de conteúdo. Leitura muito prazerosa!

No texto de hoje, bons conselhos para as mulheres:

“A mulher virtuosa é a coroa do seu marido, mas a que o envergonha é como podridão nos seus ossos.” (Pv 12:4)

“Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos.” (Pv 14:1)

Mas, uma coisa já tinha me chamado a atenção nos primeiros capítulos e novamente no texto de hoje… Notaram quantos versículos estão relacionados de alguma forma com o que sai da nossa boca? Pois é, são muitos. Isso porque é pela boca o jeito mais fácil e rápido de expôr nosso interior. O que você diz é reflexo de quem você é. Relacionei abaixo alguns dos muitos versículos que tratam desse assunto. Leia Provérbios e conheça outros.

“Quem guarda a sua boca guarda a sua vida, mas quem fala demais acaba se arruinando.” 13:2-3
“Do fruto de sua boca o homem se beneficia, e o trabalho de suas mãos será recompensado.” 12:14
“Há palavras que ferem como espada, mas a língua dos sábios traz a cura.”12:18
“O coração ansioso deprime o homem, mas uma palavra bondosa o anima. 12:25
“O Senhor odeia os lábios mentirosos, mas se deleita com os que falam a verdade. 12:22
“Os lábios que dizem a verdade permanecem para sempre, mas a língua mentirosa dura apenas um instante. 12:19

153º dia: Pv 4-7

Já disseram que se conselho fosse bom não seria de graça. Mas, na verdade, quem nunca precisou de um conselho? Então, ouso dizer:

_Quer um conselho? Peça-o ao homem mais sábio de todos. Leia Provérbios!
“Não entres pela vereda dos ímpios, nem andes no caminho dos maus.
O caminho dos ímpios é como a escuridão; nem sabem em que tropeçam.
Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora,
que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.
Veja bem por onde anda, e os seus passos serão seguros.
Não se desvie nem para a direita nem para a esquerda;
afaste os seus pés da maldade.”
(Pv 4:4,9,8,26 e 27)
“Afaste da sua boca as palavras perversas; fique longe dos seus lábios a maldade.”
(Pv 4:24)
“Porque os lábios da mulher estranha destilam favos de mel,
e o seu paladar é mais suave do que o azeite.
Mas o seu fim é amargoso como o absinto, agudo como a espada de dois gumes.
E porque, filho meu, te deixarias atrair por outra mulher,
e te abraçarias ao peito de uma estranha?
Bebe água da tua fonte, e das correntes do teu poço.
Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade.
e pelo seu amor sejas atraído perpetuamente.”
(Pv 5:3-4,20 / 5:15-18-19b)
“Estas seis coisas o SENHOR odeia, e a sétima a sua alma abomina:
- Olhos altivos
- Língua mentirosa
- Mãos que derramam sangue inocente
- O coração que maquina pensamentos perversos
- Pés que se apressam a correr para o mal
- A testemunha falsa que profere mentiras
- O que semeia contendas entre irmãos”
(PV 6:16-19)
Os próximos versículos, no contexto do capítulo, referem-se especificamente ao adultério, mas vejam só como eles podem ser aplicados em praticamente todos os aspectos da nossa vida…
“Porventura tomará alguém fogo no seu seio, sem que suas vestes se queimem?
Ou andará alguém sobre brasas, sem que se queimem os seus pés?”
(Pv 6:27-28)

66º dia: Dt 23 a 25

A preocupação com o casamento é o tema que eu escolhi no texto de hoje. Em poucas palavras Moisés esclarece ao povo de Israel a respeito da importância da solidez do matrimônio: Se um homem tiver se casado recentemente, não será enviado à guerra, nem assumirá nenhum compromisso público. Durante um ano estará livre para ficar em casa e fazer feliz à mulher com quem se casou. (Dt 24:5)

O tema é tão importante que os recém-casados estavam isentos até mesmo da guerra para poderem se dedicar única e exclusivamernte ao casamento, de forma que o relacionamento do casal se tornasse maduro para enfrentar as dificuldades futuras.

A família é importante. Devemos dedicar parte de nosso tempo ao cônjuge e aos filhos.

Não são atuais os conselhos de Moisés?