Tag Archive for corpo de Cristo

Corpo de Cristo

Muitas pessoas questionam a “obrigação” de fazer parte de uma igreja, afinal, Deus não está em todos os lugares? Então podemos cultuá-lo em casa mesmo, certo?

Sim, certo – devemos fazer isso, inclusive. Mas há alguns bons motivos para ser membro de uma igreja e um deles está registrado justamente no livro de Apocalipse, no Cap 12, versos 13-17.

A igreja, corpo de Cristo, unidade, está protegida por Deus e não pode ser destruída pelo diabo. E então, frustrado por não ser capaz de atingir a igreja, por mais que a persiga com furor, satanás dirige toda a sua rira aos filhos da igreja, aos que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus Cristo, que como indivíduos, estão susceptíveis ao engano.

Bom, se teremos que enfrentar o mau, que seja com a maior chance de vencer: juntos. Isso é a igreja. E não precisa nome ou placa na porta. Basta adoradores verdadeiros, que anseiem conhecer, obedecer e praticar a Palavra de Deus.

Fico feliz por fazer parte de uma igreja!

Fiquem com Deus.

Publicado originalmente no meu outro blog: Clique aqui e visite!

Apoio e suporte

Quando o apóstolo Paulo deu instruções sobre como exercer os nossos dons como membros do corpo de Cristo (Rm 12:3-8), afirmou o valor da função de apoio e suporte ao próximo. Ele começou dizendo que devemos ter uma opinião realista a respeito de nós mesmos (Rm 12:3) e concluiu com um chamado ao amor genuíno e altruísta: “Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram dar honra aos outros mais do que a si próprios (Rm 12:10).

Nossos dons e habilidades vêm até nós pela graça de Deus e devem ser utilizados pela fé (Rm 12:3- 6) pelo amor e serviço de Cristo, não para reconhecimento pessoal.

Que Deus nos conceda a capacidade de abraçar com entusiasmo a função de suporte para a qual Ele nos chama. O objetivo final é a glória do Senhor e não a nossa.

A igreja funciona melhor quando nos vemos como participantes,
não como espectadores.

Fonte: Our Daily Bread

337º dia: Rm 12-16

Depois de reforçar aspectos doutrinários, Paulo, no capítulo 12 da carta aos romanos, enfatiza os aspectos práticos do evangelho, pois devemos ser praticantes da Palavra, e não apenas ouvintes (Tg 1:22). Assuntos importantes são tratados neste trecho da Palavra de Deus:

Culto e adoração ao SENHOR. O que Deus espera de nós? Que ofereçamos nossos corpos como sacrifício vivo, santo, agradável a Deus,  nos envolvendo do Senhor Jesus Cristo e deixando de lado premeditações para satisfazer os desejos da carne. Portanto, não deixemos que o mundo nos domine, mas que Deus nos transforme e nos dê um novo entendimento, para podermos discernir qual é a vontade de Deus: o que é bom, o que lhe é agradável, o que é perfeito. (Rm 12:1, 2 / 13:11-14)

Comunhão entre irmãosOs muitos que somos formamos um só corpo em Cristo, mas, individualmente, somos membros que pertencem uns aos outros. A cada membro é reservada uma função diferente. Que Deus afaste de nós a inveja e a maledicência e que estejamos dispostos a conviver harmoniosamente com nossos irmãos em Cristo, respeitando as nossas diferenças e apoiando uns aos outros. (Rm 12:3-8 / 14:1-23)

O amor é o maior mandamentoNão se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o bem. Quem planta o amor, colhe amor. Quem está cheio de amor fica imune à ira, à impaciência, ao orgulho. Quem ama semeia no mundo perseverança, paz, harmonia. De Deus é a vingança, e Ele a exercerá com justiça. A nós está reservado o amor. Não apenas o amor aos amigos, mas também aos inimigos. Nosso amor mostra ao mundo a presença de Deus em nossas vidas. (Rm 12:9-21 / 13:8-10)

Cristãos devem ser bons cidadãos. Somos cristãos, mas não vivemos à parte da sociedade. Na igreja ou fora dela devemos ser exemplo de bons cidadãos. O que um não crente pensaria ao ver um cristão usar palavras pejorativas ao se referir ao líder político de sua cidade?

Se você deseja, como cristão, fazer diferença em sua sociedade, use os meios que ela própria lhe dá,  participando ativamente de eleições (como candidato ou eleitor), acompanhando as ações dos líderes da sua comunidade, etc. Jesus poderia ter dito _”Ignorem esse César, rendei a Deus seus tributos”, mas em vez disso ele disse “Dêem a César o que é de César e a Deus o que é de Deus” (Mts 22:21). Portantodêem a cada um o que lhe é devido: Se imposto, imposto; se tributo, tributo; se temor, temor; se honra, honra (Rm 13:1-7).

328º dia: 1 Co 9-12

Não é raro nos depararmos com os mesmo problemas enfrentados em Corinto. A igreja é um grupo de pessoas. Todos pecadores. Todos cheios de vícios, manias, costumes. Mas todos unidos pelo mesmo Espírito, membros de um único corpo – o corpo de Cristo. “Pois em um só corpo todos nós fomos batizados em um único Espírito: quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um único Espírito” (1 Co 12: 13). E é o Espírito Santo de Deus que nos permite conviver uns com os outros de forma harmoniosa, entendendo que cada um, como membro, tem sua importância para a saúde do corpo. Quando não deixamos o Espírito agir em nós, o corpo enfraquece, e passamos a conviver entre irmãos com a maledicência, a inveja, o egoísmo… Tal qual aconteceu com os coríntios. Mas Deus não deseja que haja divisão no corpo e sim que todos os membros tenham igual cuidado uns pelos outros (1 Co 12:25).

A igreja dos homens não é perfeita. Mas a igreja de Deus, o corpo de Cristo, é mais que perfeita.

Há diferentes tipos de dons, mas o Espírito é o mesmo. Há diferentes tipos de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. Há diferentes formas de atuação, mas é o mesmo Deus quem efetua tudo em todos. (1 Co 12:4-6)

Mesmo os membros do corpo que parecem mais fracos são indispensáveis e cada um é dada a manifestação do Espírito, visando ao bem comum. (1 Co 12:22, 7)

241º dia: 1 Cr 24-26

Os levitas foram separados por Deus para cuidarem do serviço no tabernáculo, mas nem todos faziam de tudo. Alguns dedicavam-se exclusivamente ao sacerdócio (descendentes de Arão), outros ministravam música, outros guardavam os portões e utensílios, etc. (1 Cr 24:19 / 25:1 / 26:1)

Da mesma forma, nós somos separados para louvar a Deus com todo nosso coração, com todos os nossos dons. A igreja é um corpo, do qual somos membros e Cristo, a cabeça. Tal qual um corpo humano, cujos órgãos trabalham em harmonia para mantê-lo vivo e saudável, a igreja também precisa de organização para que seu propósito – anunciar o evangelho – seja atingido. Muito precisa ser feito! Da mesma forma que nem só de pão vive o homem, assim também nem só de oração se mantém uma igreja. É claro que a oração é o principal alimento, mas essa casa precisa de sustento, de limpeza, de energia elétrica, etc, etc.

Esteja certo: você sabe fazer alguma coisa que pode ser útil na sua igreja! Dedique-se a Deus e deixe-O usá-lo no Seu ministério. E se você ainda não pertence a uma igreja, lembre-se: há algo que você sabe fazer que certamente a igreja local aí perto da sua casa precisa! Lá você vai encontrar uma família que lhe ajudará a manter-se firme no caminho de Deus.

Em amor [Deus] nos predestinou para sermos adotados como filhos por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade, para o louvor da sua gloriosa graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado (Ef 1:5, 6). Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo. E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo (Ef 4:7, 11, 12).