Tag Archive for entendimento

À procura da sabedoria

Entre os homens há uma disputa por sabedoria e isso desde a infância. Já reparou como uma criança se mostra superior às outras quando descobre algo que as outras ainda não aprenderam? Pois é, uma busca constante para ser o ‘mais esperto’. Acontece que nem sempre o mais esperto é o mais sábio. De que adianta a esperteza se você não souber o que fazer com ela? Há por aí muitos espertos com dificuldade de terminar o colégio, enquanto os ‘menos espertos’ se graduam e preenchem as vagas disponíveis no mercado de trabalho – e isso só para exemplificar.

Devemos ensinar nossos filhos a buscarem sabedoria e não esperteza.

De onde vem, então, a sabedoria? Onde habita o entendimento?

Deus conhece o caminho; só ele sabe onde ela habita, pois ele enxerga os confins da terra e vê tudo o que há debaixo dos céus.
Quando Ele determinou a força do vento e estabeleceu a medida exata para as águas, quando fez um decreto para a chuva e o caminho para a tempestade trovejante, Ele olhou para a sabedoria e a avaliou; confirmou-a e a pôs à prova.
Disse então ao homem:

No temor do Senhor está a sabedoria, e evitar o mal é ter entendimento’. 
(Jó 28:20, 23-28)

Buscando a verdadeira sabedoria, haverá reflexos positivos em todos os aspectos de nossas vidas.

158º dia: Pv 22-24

No texto de hoje está um versículo muito conhecido. Na minha igreja ele é lido por todos sempre que um bebê é apresentado à congregação. Um conselho para os pais, bastante apropriado para a ocasião…

“Ensina a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.” (Pv 22:6)
Profundo, não é? Todo o livro de Provérbios é muito profundo. O livro mostra como é possível ter uma vida bem estruturada, independentemente de riquezas e bens, em todos os aspectos (família, trabalho, vida social, etc). Como? Buscando sabedoria, a sabedoria que habita em Deus, no temor do SENHOR.
“Com a sabedoria se edifica a casa,
e com o entendimento ela se estabelece.”
 (Pv 24:3)
“O teu coração não inveje os pecadores;
antes permanece no temor do SENHOR todo dia.”
 (Pv 23:17)

156º dia: Pv 15-18

Não há muito o que falar a respeito de palavras tão sábias, então, escolhi alguns versos para reproduzir aqui.

Um bom domingo a todos!

“Quem tem conhecimento é comedido no falar, e quem tem entendimento é de espírito sereno.”
“O coração do justo medita no que há de responder, mas a boca dos ímpios jorra coisas más.”
“A boca do tolo é a sua própria destruição, e os seus lábios um laço para a sua alma.”
“Quem responde antes de ouvir, comete insensatez e passa vergonha.”
“Até o insensato passará por sábio, se ficar quieto, e, se contiver a língua, parecerá que tem discernimento.”
Pv 17:27 / 15:28 / 18:7,13 / 17:28

“Consagre ao SENHOR tudo o que você faz, e os seus planos serão bem-sucedidos.”
“Os retos fazem o seu caminho desviar-se do mal; o que guarda o seu caminho preserva a sua alma.”

“Quem retribui o bem com o mal, jamais deixará de ter mal no seu lar.”
“Melhor é o homem paciente do que o guerreiro, mais vale controlar o seu espírito do que conquistar uma cidade.”
Pv 16:13, 17 / 17:13 / 16:32
“Todos os caminhos do homem são puros aos seus olhos, mas o SENHOR avalia o espírito.”
“O coração do homem planeja o seu caminho, mas o SENHOR lhe dirige os passos.”
“O crisol é para a prata, e o forno para o ouro; mas o SENHOR é quem prova os corações.”
Pv 16:2, 9 / 17:3

152º dia: Pv 1-3

Provérbios é um livro repleto de aplicações práticas. É quase um guia, um manual daqueles bem detalhados, do tipo “faça desse jeito que vai dar certo!”

Nos próximos dias vou me aproveitar da sabedoria de Salomão e me deliciar com os provérbios que me “ajudarão a experimentar a sabedoria e a disciplina; a compreender as palavras que dão entendimento; a viver com disciplina e sensatez, fazendo o que é justo, direito e correto.” (Pv 1:2-3)

Muitos versos aqui são nossos velhos conhecidos, como este: “Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes o ensinamento de tua mãe” (Pv 1:8). Assim, isolados, estes versos já carregam em si conselhos sensatos, cheios de entendimento. No contexto do livro, fica ainda mais clara a aplicação deles em nossas vidas.

Veja só como Salomão materializa a sabedoria (Pv 1, a partir do verso 20), que aparece gritando nas ruas, oferecendo a mão para que não fôssemos afogados pela nossa inexperiência… Não poderia ter sido mais claro… Só não é digno de sabedoria aquele que rejeita o convite (Pv 1:24) e que recusam o temor do SENHOR, que é o princípio da sabedoria (Pv 1:29,7).

Estou certa de que Provérbios vai me proporcionar uma boa leitura, mas, principalmente, vai me ensinar bons princípios a serem adotados em minha vida.

Que a sabedoria de Deus seja dada a nós, para andarmos pelos caminhos dos bons, e nos conservarmos nas veredas dos justos! Amém. (Pv 2:6,20)

140º dia: Sl 119

O texto de hoje é o maior capítulo da bíblia. Enquanto lia, me deparei com tantos lindos versículos que comecei a tentar decidir qual seria o meu preferido. Reli alguns trechos, separei alguns… Depois de uma triagem me sobraram 31 preferidos. Bom, considerando que ao todo são 176…

Como percebi que seria muito difícil conseguir definir um único versículo preferido dentre tantos maravilhosos e que me tocaram profundamente, escolhi 10 (não foi fácil!). Olha eles aí embaixo…

“Recrear-me-ei nos teus estatutos; não me esquecerei da tua palavra.” (Sl 119:16)

“Se a tua lei não fosse o meu prazer, o sofrimento já me teria destruído.”(Sl 119:92)

“Oh! quão doces são as tuas palavras ao meu paladar, mais doces do que o mel à minha boca.” (Sl 119:103)

“Dá-me entendimento, para que eu guarde a tua lei e a ela obedeça de todo o coração.” (Sl 119:34)

“Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.” (Sl 119:105)

“Justo és, ó SENHOR, e retos são os teus juízos.” (Sl 119:137)

“A tua justiça é uma justiça eterna, e a tua lei é a verdade.” (Sl 119:144)

“Tu estás perto, ó SENHOR, e todos os teus mandamentos são a verdade.” (Sl 119:151)

“Quem dera que os meus caminhos fossem dirigidos a observar os teus mandamentos.” (Sl 119:5)

“Este é o meu consolo no meu sofrimento: A tua promessa dá-me vida.” (Sl 119:50)

* * *

Que tal tentar escolher o seu versículo preferido do Salmo 119? Garanto que não será uma tarefa fácil, mas será certamente muito agradável.

Fique com Deus!