Tag Archive for felicidade

Conhecendo o Senhor

Conheçamos o Senhor; esforcemo-nos por conhecê-lo. Tão certo como nasce o sol, ele aparecerá; virá para nós como as chuvas de inverno, como as chuvas de primavera que regam a terra. (Os 6:3-4)

Como são felizes os que andam em caminhos irrepreensíveis, que vivem conforme a lei do Senhor! Como são felizes os que obedecem aos seus estatutos e de todo o coração o buscam! O povo que conhece o seu Deus resistirá com firmeza.
(Sl 119:1-2 / Dn 11:32b)

* * *
Como a corça anseia por águas correntes,
a minha alma anseia por ti, ó Deus.
(
Sl 42:1)

Correndo atrás do vento

Quando os dias forem bons, aproveite-os bem; mas, quando forem ruins, considere: “Deus fez tanto um quanto o outro”.
Nesta vida sem sentido eu já vi de tudo: um justo que morreu apesar da sua justiça, e um ímpio que teve vida longa apesar da sua impiedade.
Não seja excessivamente justo nem demasiadamente sábio;
Não seja demasiadamente ímpio e não seja tolo.

É bom reter uma coisa e não abrir mão da outra,
pois quem teme a Deus evitará ambos os extremos.  

A sabedoria torna o sábio mais poderoso que uma cidade guardada por dez valentes.
Todavia, não há um só justo na terra, ninguém que pratique o bem e nunca peque. 
(Ec 7:14-20)

Nossa vida pode até parecer sem sentido aos nossos olhos; pessoas boas sofrem, enquanto os maus triunfam. Mas nossa vida é curta e em vez de ficarmos correndo atrás do vento, lamentando e procurando alcançar a felicidade com nossas próprias mãos, conquistando bens e riquezas, devemos atentar para o único caminho que leva à felicidade: Deus.

Ser justo, ainda que a justiça leve à morte, e seguir os caminhos do SENHOR trarão alegria e vida eterna.

E, quando Deus concede riquezas e bens a alguém, e o capacita a desfrutá-los, a aceitar a sua sorte e a ser feliz em seu trabalho, isso é um presente de Deus.
Raramente essa pessoa reflete no fato de que a sua vida é curta,
porque
Deus o mantém ocupado com a alegria do coração.
(Ec 5:19-20)

Vida vazia e sem sentido

Contudo, quando avaliei tudo o que as minhas mãos haviam feito e o trabalho que eu tanto me esforçara para realizar, percebi que tudo foi inútil, foi correr atrás do vento; não há qualquer proveito no que se faz debaixo do sol. 
(Ec 2:11)

No final de seus dias, Salomão lembrou de suas atitudes com humildade e arrependimento. Ele fez um balanço de sua vida a fim de poupar os seus leitores da amargura de aprender, pela própria experiência, que longe de Deus tudo é vazio, oco e sem sentido.        Fonte: Bíblia de Estudo – Aplicação pessoal (Ed. CPAD)

Nem mesmo toda a riqueza e sabedoria de Salomão foram capazes de preencher o vazio em sua vida. Todos nós temos este mesmo vazio. É o espaço reservado para Deus em nossos corações, que só pode ser preenchido por Ele, o Soberano SENHOR.

Longe de Deus tudo é vazio, oco e sem sentido.

Só a presença de Deus em nossas vidas é capaz de nos trazer plenitude e felicidade verdadeira. Enquanto procurarmos a satisfação em nossos próprios esforços, estaremos desperdiçando energia em uma busca sem fim.

Abandone o pecado

Quem esconde os seus pecados não prospera, mas quem os confessa e os abandona encontra misericórdia. (Pv 28:13)

A confissão é um ato importante, pois reflete a percepção e o reconhecimento de um erro cometido. Mas, mais importante ainda é a atitude tomada após a confissão. Permanecer no erro, mesmo consciente disso, é tolice. É preciso escolher outro trajeto, mudar de caminho, abandonar o pecado.

Confesse seus pecados a Deus em oração e decida hoje deixar para trás o pecado!

Quem procede com integridade viverá seguro.
Como é feliz o homem constante no temor do Senhor!
(Pv 28:8a, 14a)

O melhor para Deus

Um filho era o que Ana mais desejava. Clamou ao SENHOR e foi atendida (1 Sm 1:11, 20). E neste momento de felicidade, não se esqueceu do voto que havia feito – a criança seria dedicada ao SENHOR por todos os dias de sua vida.

Ana entregou o pequeno Samuel, recém desmamado, ao sacerdote Eli, para que vivesse ali, na casa de Deus. Certamente não foi fácil despedir-se de seu filho tão querido, mas Ana não fez isso com tristeza, mas com a certeza de que Deus reinava em sua vida, o que fica evidente nas suas palavras de oração:

Meu coração exulta no Senhor; no Senhor minha força é exaltada. 
Não há ninguém santo como o Senhor; não há rocha alguma como o nosso Deus.
O arco dos fortes é quebrado, mas os fracos são revestidos de força.
O Senhor mata e preserva a vida; ele faz descer à sepultura e dela resgata.
O Senhor é quem dá pobreza e riqueza; ele humilha e exalta.
Ele guardará os pés dos seus santos, mas os ímpios serão silenciados nas trevas, pois não é pela força que o homem prevalece.
* Leia a oração completa de Ana em 1 Samuel 2:1-10

Os verdadeiros fiéis estão dispostos a entregar seus bens mais preciosos a Deus, caso seja necessário, omo fez Ana. Pode ser tempo, dinheiro, comida, abrigo, carinho, atenção…  Quando consagramos nossa vida ao SENHOR, tudo o que fazemos é dedicado a Ele.

A benção da obediência

Ouro, prata, bronze, tecidos finos, pedras preciosas… Tudo de melhor foi usado para a construção do tabernáculo. Tudo ofertado pelo povo de bom grado. Tudo feito pelas mãos de homens, mas de acordo com o que Deus havia ordenado. Os israelitas seguiam a Deus e receberam bênçãos. Esse é sempre o resultado da obediência: bênçãos. E isso não significa que o obediente terá muitos bens materiais, mas sim que ele terá paz de espírito, desfrutará da verdadeira felicidade, que só é possível ao lado de Jesus.

343º dia: Fp 1-4

“Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos.” (Fp 4:4)

É fácil ser feliz quando em nossa vida acontece tudo o que desejamos. Nem é preciso esforço, simplesmente ficamos felizes. Por vezes a dificuldade é disfarçar a alegria…

Mas e quando nem tudo acontece do jeito que você planejou, ainda assim é possível ficar feliz? Difícil, não é? Mas não impossível, até porque para Deus nada é impossível  (Lc 1:37).

Paulo nós deixou um bom exemplo de vida. Viveu feliz, mesmo nos momentos mais difíceis. Sua felicidade não estava nas provações que sofreu, mas na certeza de que tudo o que acontecia na sua vida era a vontade de Deus e que sua vida estava sendo usada para a glória do SENHOR.

“Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos.” (Fp 4:4)

Não importa se vencemos ou se somos derrotados: Deus tem um propósito para nossa vida. Podemos ser presos e perseguidos, tudo por causa do nome de Jesus, mas isso será para nós uma oportunidade de dar testemunho (Lc 21:12-13).

Portanto,

“Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. E em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” (Fp 4:4 / 1 Ts 5:18)

“A nosso Deus e Pai seja a glória para todo o sempre. Amém.” (Fp 4:20)

Clique aqui e leia mais sobre Paulo.

307º dia: Lc 22-24

Nunca é tarde para aceitar Jesus. Nunca é tarde para ter fé. São muitas as histórias relatadas nos evangelhos, com final feliz, que terminam com as seguintes palavras de Jesus: Tua fé te salvou.

Até mesmo um homem criminoso, condenado à morte por seus atos maléficos, pregado à sua cruz, que tão logo estaria morto, teve a chance de se arrepender (Lc 23:39-43).

Talvez ao ler isso você pense que então seria melhor viver uma vida desregrada e fútil e deixar para se arrepender no leito de morte… Será mesmo? Não se engane… Acaso você sabe o que o futuro reserva para você? Não espere! Deixe Jesus reinar em sua vida e desfrute imediatamente de uma vida mais feliz, mais completa.

Só quem tem Jesus no coração sabe o que é ser feliz de verdade!

Sabe aquele vazio aí dentro de você, que até mesmo nos momentos mais ‘felizes’ da sua vida continua existindo… Pois é… esse espaço está reservado pra Jesus… Só Ele te fará sentir pleno, completo, feliz de verdade!

255º dia: Ez 4-7

No dia do julgamento nenhum poder e nenhuma riqueza poderá libertar os culpados.

Atirarão sua prata nas ruas, e seu ouro será tratado como coisa impura. Sua prata e seu ouro serão incapazes de livrá-los no dia da ira do Senhor e, não poderão saciar sua fome e encher os seus estômagos; serviram apenas para fazê-los tropeçar na iniquidade. (Ez 7:19)

Como bem disse Timóteo, o amor do dinheiro é a raiz de toda espécie de males (I Tm 6:10). Não é difícil perceber como isso é verdadeiro. Vemos diariamente nos telejornais pessoas afundando suas vidas por priorizarem o dinheiro mais que tudo.

Isso não significa que não devamos desejar viver com dignidade, mas, da mesma forma como os israelitas se curvaram erroneamente diante de deuses de madeira e de metal, assim também nós não devemos nos curvar diante do dinheiro. Tudo o que possuímos é concedido por Deus e devemos consagrar a ele. Se acreditarmos que riqueza é a solução para tudo, estamos condenados à verdadeira morte.

Você já passou pela situação de querer muito alguma coisa a ponto de acreditar que não seria feliz se não a possuísse? Talvez dinheiro, um bem… Ou uma companhia, um filho… Qualquer coisa… Mas aí, ao conseguir essa coisa percebeu que ainda não estava feliz e passou a perseguir outro objetivo rumo à felicidade? Certamente você esteve procurando a felicidade nos lugares errados. Eu também já fiz isso, mas hoje eu tenho uma boa notícia pra você: Procure Jesus e Ele irá te mostrar o que é ser feliz de verdade! FIQUE COM DEUS

246º dia: 2 Cr 10-13

O Rei Roboão, sucessor de Salomão, fez o que era mau, porquanto não preparou o seu coração para buscar ao SENHOR. (2 Cr 12:14)

Você deve conhecer o livro ‘O pequeno príncipe’. No final, há o seguinte diálogo com a raposa:

No dia seguinte o pequeno príncipe voltou.
- Teria sido melhor voltares à mesma hora, disse a raposa. Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde às três eu começarei a ser feliz. Quanto mais a hora for chegando, mais eu me sentirei feliz. Às quatro horas, então, estarei inquieta e agitada: descobrirei o preço da felicidade! Mas se tu vens a qualquer momento, nunca saberei a hora de preparar o coração…

Felizmente, não temos o mesmo problema da raposa… Sabemos bem a hora de preparar o coração para buscar ao SENHOR: AGORA e CONSTANTEMENTE! Se assim fizermos, a verdadeira felicidade nos acompanhará em todo o tempo.