Tag Archive for impiedade

Aquele a quem eu louvo

Embora os nossos pecados nos acusem, age por amor do teu nome, ó Senhor!
Nossas infidelidades são muitas; temos pecado contra ti.

Senhor, reconhecemos a nossa impiedade e a iniqüidade dos nossos pais;
temos de fato pecado contra ti.

Por amor do teu nome não nos desprezes; não desonres o teu trono glorioso.
Lembra-te da tua aliança conosco e não a quebres. 

(Jr 14:7, 20-21)

Cura-me, Senhor, e serei curado;
salva-me, e serei salvo, pois tu és aquele a quem eu louvo. 
(Jr 17:14)

Correndo atrás do vento

Quando os dias forem bons, aproveite-os bem; mas, quando forem ruins, considere: “Deus fez tanto um quanto o outro”.
Nesta vida sem sentido eu já vi de tudo: um justo que morreu apesar da sua justiça, e um ímpio que teve vida longa apesar da sua impiedade.
Não seja excessivamente justo nem demasiadamente sábio;
Não seja demasiadamente ímpio e não seja tolo.

É bom reter uma coisa e não abrir mão da outra,
pois quem teme a Deus evitará ambos os extremos.  

A sabedoria torna o sábio mais poderoso que uma cidade guardada por dez valentes.
Todavia, não há um só justo na terra, ninguém que pratique o bem e nunca peque. 
(Ec 7:14-20)

Nossa vida pode até parecer sem sentido aos nossos olhos; pessoas boas sofrem, enquanto os maus triunfam. Mas nossa vida é curta e em vez de ficarmos correndo atrás do vento, lamentando e procurando alcançar a felicidade com nossas próprias mãos, conquistando bens e riquezas, devemos atentar para o único caminho que leva à felicidade: Deus.

Ser justo, ainda que a justiça leve à morte, e seguir os caminhos do SENHOR trarão alegria e vida eterna.

E, quando Deus concede riquezas e bens a alguém, e o capacita a desfrutá-los, a aceitar a sua sorte e a ser feliz em seu trabalho, isso é um presente de Deus.
Raramente essa pessoa reflete no fato de que a sua vida é curta,
porque
Deus o mantém ocupado com a alegria do coração.
(Ec 5:19-20)

163º dia: Ec 7-9

Assim como Salomão, eu também já vi um justo que morreu apesar da sua justiça, e um ímpio que teve vida longa apesar da sua impiedade (Ec 7:15). Você também já deve ter presenciado situação parecida. Nossa primeira reação é logo pensar que não valeu a pena para o justo ter seguido um caminho de retidão e até tentamos nos enganar pensando que é melhor ser como o ímpio e viver mais… Mas veja só o que disse o homem mais sábio que já viveu nesse mundo: “Ainda que o pecador faça o mal cem vezes, e os dias se lhe prolonguem, contudo eu sei com certeza, que bem sucede aos que temem a Deus, aos que temem diante dele” (Ec 8:12).

Não seja excessivamente justo nem demasiadamente sábio;
Não seja demasiadamente ímpio e não seja tolo;
É bom reter uma coisa e não abrir mão da outra,
pois quem teme a Deus evitará ambos os extremos.
(Ec 7:16a, 17a, 18)