Tag Archive for Jesus

Culto eterno

Todos os domingos, dois irmãos sentavam-se na primeira fileira de cadeiras da igreja, e observavam seu pai na liderança do culto de adoração. Uma noite, após colocar os meninos na cama, o pai ouviu um dos meninos chorando. Perguntou-lhe o que estava acontecendo, mas o menino hesitava em responder. Finalmente, o garoto confessou: “Papai, a Bíblia diz que vamos adorar a Deus no céu para sempre. Isso é tempo demais!” Por imaginar o céu como um longo culto de adoração em que seu pai estaria liderando, o céu lhe parecia muito entediante!

Embora, algumas vezes, eu gostaria que tivéssemos mais informações sobre o céu, todos nós temos uma certeza: tédio não poderia ser a palavra certa para descrevê-lo. Veremos belezas jamais vistas, incluindo o rio da água da vida, brilhante como cristal (Ap 22:1). Experimentaremos a glória de Deus que iluminará o céu (Ap 21:23 / 22:5), e desfrutaremos de uma vida sem dor ou tristeza (Ap 21:4).

Sim, com certeza adoraremos no céu. Pessoas de toda tribo, língua, povo e nação (Ap 5:9) regozijarão em louvor a Jesus, o Cordeiro digno que morreu e ressuscitou por nós (Ap 5:12).

Iremos juntos gozar na glória da presença do Senhor — para sempre! E nem por um segundo ficaremos entediados!

Fonte: Nosso andar diário

Rei dos reis

Sejam os “reis” deste mundo artistas, celebridades, atletas, magnatas ou mesmo cabeças coroadas: eles vêm e vão. Sua influência pode ser imensa – e seus seguidores fanaticamente leais – mas não dura para sempre.

A bíblia, no entanto, refere-se a Jesus Cristo como o Rei eterno. Apocalipse 17 fala profeticamente de reis terrenos que vão lutar para estabelecer sua autoridade no final dos tempos. Os estudiosos da bíblia têm debatido as identidades destes reis, mas não há nenhum engano a respeito daquele a quem não podem dominar: Guerrearão contra o Cordeiro, mas o Cordeiro os vencerá, pois é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; e vencerão com ele os seus chamados, escolhidos e fiéis (Ap 17:14).

Jesus Cristo, o Senhor é Rei, e Ele reinará para sempre.

O Rei dos reis e Senhor dos senhores,
Que reina hoje dentro do nosso coração,
Um dia vai trazer a Sua paz sobre a terra -
Um reino que não perecerá.

Não há maior privilégio do que ser um súdito do Rei dos reis.

Fonte: Our Daily Bread

Corpo de Cristo

Muitas pessoas questionam a “obrigação” de fazer parte de uma igreja, afinal, Deus não está em todos os lugares? Então podemos cultuá-lo em casa mesmo, certo?

Sim, certo – devemos fazer isso, inclusive. Mas há alguns bons motivos para ser membro de uma igreja e um deles está registrado justamente no livro de Apocalipse, no Cap 12, versos 13-17.

A igreja, corpo de Cristo, unidade, está protegida por Deus e não pode ser destruída pelo diabo. E então, frustrado por não ser capaz de atingir a igreja, por mais que a persiga com furor, satanás dirige toda a sua rira aos filhos da igreja, aos que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus Cristo, que como indivíduos, estão susceptíveis ao engano.

Bom, se teremos que enfrentar o mau, que seja com a maior chance de vencer: juntos. Isso é a igreja. E não precisa nome ou placa na porta. Basta adoradores verdadeiros, que anseiem conhecer, obedecer e praticar a Palavra de Deus.

Fico feliz por fazer parte de uma igreja!

Fiquem com Deus.

Publicado originalmente no meu outro blog: Clique aqui e visite!

Promessa aos vencedores

Todas as cartas às igrejas da Ásia têm um mesmo padrão. Há, por exemplo, uma identificação de Cristo, uma afirmação do conhecimento íntimo das igrejas, exortações e promessas. Elas foram enviadas para sete igrejas na Ásia que viviam situações distintas, mas que no somatório são situações de todas as igrejas em qualquer época. Portanto, o número sete é literal, pelo fato de serem sete igrejas, e é ao mesmo tempo simbólico, pois indica a totalidade das igrejas em todas as épocas e lugares.

Fonte: Revista Compromisso Ano CVI, nº 424, 4T12

As fraquezas e conquistas destas sete igrejas são as mesmas que nossas igrejas têm hoje. Devemos, portanto, nos esforçar para vencer as fraquezas e procurar manter as conquistas, certos de que as promessas feitas às igrejas da Ásia também são feitas a nós.

Ao vencedor darei o direito de comer da árvore da vida, que está no paraíso de Deus. (Ap 2:7b)

O vencedor de modo algum sofrerá a segunda morte. 
(Ap 2:11b)

Leia as sete cartas na íntegra em Apocalipse 2 e Apocalipse 3, aprenda o que Deus espera das igrejas e conheça todas as promessas que Ele faz aos que vencerem.

Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas.
(Ap 3:22)

Amar obedecendo

Conhecemos a Deus obedecendo os Seus mandamentos. (1 Jo 2:3)

Sabemos que amamos os filhos de Deus obedecendo os Seus mandamentos. (1 Jo 5:2)

Amamos a Deus obedecendo os Seus mandamentos. (1 Jo 5:3)

E este é o amor: que andemos em obediência aos Seus mandamentos. Como vocês já têm ouvido desde o princípio, o mandamento é este: que vocês andem em amor.  (2 João 1:6)

Amor e obediência estão sempre juntos. Amar é obedecer. Nosso amor a Deus é concretizado pela obediência à Sua palavra, aos Seus mandamentos. E Ele nos deixou como maior mandamento o amor.

Para amar é preciso obedecer. Para obedecer é preciso amar.

Já tentou entender ou explicar o amor? É complexo. Talvez o mais difícil dos sentimentos para se descrever. Por outro lado, obediência é um conceito muito sólido, que temos arraigados na mente desde crianças.

Mas Deus nos explicou muito claramente o que é o amor verdadeiro. Amar não tem nada a ver com um sentimento confuso, estonteante e descontrolado. Amar é obedecer.

Se você deseja cumprir o mandamento de Jesus amando a Deus e aos próximos faça isso por meio da obediência, da submissão, da aceitação, da doação. Então você perceberá que amar é muito mais fácil do que pode parecer.

Aperfeiçoados

O Deus da paz, que pelo sangue da aliança eterna
trouxe de volta dentre os mortos a nosso Senhor Jesus,
o grande Pastor das ovelhas,
os aperfeiçoe em todo o bem para fazerem a vontade dEle,
e opere em nós o que lhe é agradável,
mediante Jesus Cristo,
a quem seja a glória para todo o sempre. Amém. 

(Hb 13:20-21)

Sacrifício perfeito

Primeiro ele [Jesus] disse [a Deus]:
“Sacrifícios, ofertas, holocaustos e ofertas pelo pecado não quiseste, nem deles te agradaste” (os quais eram feitos conforme a Lei).

Então acrescentou:
“Aqui estou; vim para fazer a Tua vontade”.

Pelo cumprimento dessa vontade fomos santificados, por meio do sacrifício do corpo de Jesus Cristo, oferecido uma vez por todas.

(Hb 10:8-10)

O sacrifício de Cristo foi o cumprimento final de tudo o que os sacrifícios de tudo o que os sacrifícios do Antigo Testamento representavam – o perdão de Deus para o pecado.

Por Cristo ser o sacrifício perfeito pelos nossos pecados, estes estão e estarão completamente perdoados – no presente, no passado e no futuro.

Cristo removeu o pecado que nos impedia de ter comunhão e aceitar o seu sacrifício por nós. Crendo nEle, não somos mais culpados, mas limpos e aperfeiçoados. Seu sacrifício desobstrui o caminho para que tenhamos a vida eterna.

Fonte: Bíblia de Estudo – Aplicação pessoal (Ed. CPAD)

Maduros na Palavra

Portanto, deixemos os ensinos elementares a respeito de Cristo e avancemos para a maturidade, sem lançar novamente o fundamento do arrependimento de atos que conduzem à morte, da fé em Deus,
da instrução a respeito de batismos, da imposição de mãos, da ressurreição dos mortos e do juízo eterno. Assim faremos, se Deus o permitir. (Hb 6:1-3)

Certos princípios elementares são essenciais para todos os crentes – todos devem entendê-los. Estas doutrinas básicas incluem a importância da fé, a tolice de tentar salvar-se por meio de boas obras, o significado do batismo e dons espirituais, e os fatos da ressurreição e da vida eterna. Para continuar a amadurecer em nossa compreensão, precisamos ir além (mas não para longe) dos ensinos elementares, tendo uma compreensão mais completa da fé. E isto é o que o autor pretende que seus leitores façam (Hb 6:3). Os cristãos maduros devem ensinar as doutrinas básicas aos novos cristãos. Então, agindo de acordo com o que conhecem, os que são maduros aprenderão ainda mais da Palavra de Deus.

Fonte: Bíblia de Estudo – Aplicação pessoal (Ed. CPAD)

Tudo para a glória de Deus

1Pe4_11

Leia a bíblia

Ler a bíblia é algo muito prazeroso.

É gostoso descobrir os detalhes das histórias famosas, conhecer histórias incríveis que não são tão famosas, perceber que cada história se relaciona com as outras de forma única, como se fossem uma única…

Que bom descobrir que personagens de destaque eram tão humanos como nós.
Que bom conhecer o plano de Deus para nossas vidas!

Muitas vezes, ao ler a Palavra de Deus, é como se alguém estivesse falando com a gente diretamente… E está! Leia a bíblia e ouça o que Deus tem a te dizer.

Um bom texto para começar está na leitura de hoje (1 Pe 1:3-9):

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo!

Conforme a sua grande  misericórdia, Ele nos regenerou para uma esperança viva, por meio da ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança que jamais poderá perecer, macular-se ou perder o seu valor. Herança guardada nos céus para vocês que, mediante a fé, são protegidos pelo poder de Deus até chegar a salvação prestes a ser revelada no último tempo.

Nisso vocês exultam, ainda que agora, por um pouco de tempo, devam ser entristecidos por todo tipo de provação.

Assim acontece para que fique comprovado que a fé que vocês têm é genuína e resultará em louvor, glória e honra, quando Jesus Cristo for revelado.

Mesmo não o tendo visto, vocês o amam; e apesar de não o verem agora, creem nEle e exultam com alegria indizível e gloriosa, pois vocês estão alcançando o alvo da sua fé, a salvação das suas almas.