Tag Archive for liberdade

Boas novas de liberdade e vida

A questão dos cristãos gentios terem ou não de obedecer à Lei de Moisés para serem salvos tornou-se importante (At 15:1-35). As controvérsias se intensificaram muito devido ao sucesso das novas igrejas formadas por gentios (não judeus). Os conservadores da igreja em Jerusalém eram liderados por fariseus convertidos, que preferiam uma religião legalista a uma baseada exclusivamente na fé. Se os conservadores tivessem vencido, os gentios seriam obrigados a converterem-se e serem circuncidados. Isto reduziria o cristianismo à condição de mais uma seita do judaísmo.

Podemos errar inconscientemente ao apoiar tradições, estruturas e rituais como demonstrações de obediência a Deus. Por isso, é importante estarmos certos de que as Boas Novas irão proporcionar liberdade e vida àqueles a quem tentamos alcançar.

Fonte: Bíblia de Estudo – Aplicação pessoal (Ed. CPAD)

340º dia: At 26-28

Por dois anos Paulo permaneceu em prisão domiciliar, sob a custódia de um soldado (At 28:16, 30). O que ele fez nesses dois anos? Bom, queria pensar primeiro no que um de nós teria feito em dois anos de confinamento… Talvez um pouco de choro combinado com muita lamentação. Ou então depressão resultante da tristeza em não poder continuar ‘vivendo’. Quem sabe uma busca implacável pela justiça, na esperança de ser liberto… Muitos cenários me vêm à mente, mas em nenhum deles consigo ver algo parecido com o que fez Paulo. E sabe o que Paulo fez? Usou o pouco que tinha para fazer o máximo possível. Paulo não era impedido de receber visitas e, aproveitando essa pouca liberdade, pregava o Reino de Deus e ensinava a respeito do Senhor Jesus Cristo (At 28: 31).

Mesmo preso, Paulo levou o evangelho de Cristo à muitos. E nós? Estamos usando nossa liberdade para fazer o máximo para Deus?

327º dia: 1 Co 5-8

“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.” (1 Co 6:12)

Quem nunca ouviu essas palavras? Sobre isso, quero compartilhar com vocês um comentário da minha bíblia de estudos. FIQUEM COM DEUS!

A liberdade é uma marca da fé cristã – liberdade do pecado e da culpa, e liberdade de usar e apreciar qualquer coisa que venha de Deus. Mas os cristãos não devem abusar e afligir a si mesmos ou às outras pessoas. Os abusos trazem sérias consequências. A glutonaria, por exemplo, leva à obesidade. Tenha cuidado para não transformar o que Deus lhe permitiu apreciar em um hábito ruim que passe a controlar a sua vida.

40º dia: Lv 1 a 4

O povo de Deus foi liberto do Egito, mas depois de anos de servidão, e consequente convivência com os egípcios, trouxeram consigo muitos costumes e práticas pagãos. Agora, diante do Monte Sinai, os israelitas reaprendem com Deus a buscar uma vida de retidão.

No início de Levítico, Deus dá instruções com relação as ofertas, que serviriam para para pagar pelos pecados do povo e demonstrar gratidão a Deus. O sacrifício de um inocente (gado, ovelhas ou aves – Lv 1:3, 10 e 14) era o preço pago pelo povo para resgate da própria vida.

Por que não precisamos mais oferecer holocaustos à Deus?
Porque o próprio Deus pagou o preço do nosso resgate, dando seu filho Jesus Cristo em sacrifício por nós.
Quanta alegria!

Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (Jo 3:16)

39º dia: Êx 38 a 40

Finalmente a obra estava pronta. Tudo foi feito exatamente como Deus ordenou (Êx 39:42,43). Exatamente! Ninguém questionou, duvidou ou sugeriu uma solução melhor ou mais fácil. Fizeram tal e qual Moisés disse, sob a orientação de Deus. Dessa vez Israel tomou a decisão correta e viu a glória de Deus encher o Tabernáculo (Êx 40:34). E a história de Êxodo, que começou na escravidão, termina na leitura de hoje, com o povo livre e guiado por Deus.