Tag Archive for Salvador

Não ver e crer

Tomé, um dos doze discípulos, não estava presente quando Jesus apareceu a eles pela primeira vez depois da ressurreição. Embora os outros onze tenham lhe contado o que viram, Tomé permaneceu cético, dizendo: Se eu não vir o sinal dos cravos em suas mãos, e não puser o dedo no lugar dos cravos, e não puser a minha mão no seu lado, de maneira nenhuma o crerei. 

Dias depois, estando os doze reunidos, Jesus novamente se fez presente entre eles e  disse a Tomé: Põe aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos; e chega a tua mão, e põe-na no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente.

Crendo, Tomé respondeu: Senhor meu, e Deus meu!

Disse-lhe Jesus:
Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram.

(Leia o texto na íntegra em Jo 20:24-29)

O episódio vivido por Tomé nos trás uma importante lição, pois todas as gerações que se seguiram não tiveram a maravilhosa oportunidade de ver Jesus, ainda assim muitos creram e fizeram a mensagem do evangelho se espalhar pela terra; ainda assim nós cremos. E a mensagem de Jesus fala diretamente a todos nós: Bem-aventurados os que não viram e creram!

Somos bem-aventurados porque:

- Entendemos que Jesus é muito mais do que uma figura ilustre na história da humanidade

- Acreditamos que Seu sacrifício na cruz nos redime de nossos pecados

- Confiamos no Seu poder e onisciência

- Sabemos que Ele vive e está presente em nossas vidas

- Compreendemos que Sua justiça e misericórdia prevalecerão

- Aceitamos a Cristo como nosso único e suficiente Salvador

Deus estará com você

Quando se sentir sozinho, lembre-se: Deus está sempre ao seu lado! Mesmo naqueles momentos de maior solidão, o Senhor não nos abandona. Que alegria!

Eu, eu mesmo, sou o Senhor, e além de mim não há salvador algum. Quando você atravessar as águas, Eu estarei com você; e, quando você atravessar os rios, eles não o encobrirão. Quando você andar através do fogo, você não se queimará; as chamas não o deixarão em brasas.
(Is 43:11, 2)

Submissão e amor

Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu. (Ct 6:3)

Tem havido muitos debates a respeito do significado de Cantares. Alguns afirmam que é apenas uma alegoria do amor de Deus po Israel. Outros insistem que é uma história literal sobre o amor conjugal. Mas, na verdade, é as duas coisas; os dois significados estão presentes. Aprendemos sobre o amor, o casamento e o sexo, e vemos como a intimidade e a unicidade do relacionamento entre marido e mulher refletem o amor de Deus por seu povo. Ao ler Cantares, lembre-se de que você é amado por Deus, e comprometa-se a olhar a vida, o sexo e o casamento do ponto de vista do Senhor.

Fonte: Bíblia de Estudo – Aplicação pessoal (Ed. CPAD)

Mulheres, sujeitem-se a seus maridos, como ao Senhor,
pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja,
que é o seu corpo, do qual ele é o Salvador.

Assim como a igreja está sujeita a Cristo,
também as mulheres estejam em tudo sujeitas a seus maridos.

Maridos, amem suas mulheres,
assim como Cristo amou a igreja e entregou-se a si mesmo por ela para santificá-la, tendo-a purificado pelo lavar da água mediante a palavra,
e apresentá-la a si mesmo como igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável.
Da mesma forma, os maridos devem amar as suas mulheres como a seus próprios corpos. Quem ama sua mulher, ama a si mesmo.
Além do mais, ninguém jamais odiou o seu próprio corpo, antes o alimenta e dele cuida, como também Cristo faz com a igreja, pois somos membros do seu corpo. 
(Ef 5:22-30)

Nosso Deus é soberano

Bendito seja o Senhor, Deus, nosso Salvador, que cada dia suporta as nossas cargas. 
O nosso Deus é um Deus que salva; ele é o Soberano Senhor que nos livra da morte. 
(Sl 68:19-20)

Quando li estes versos hoje, me lembrei de uma música, que não fala exatamente as mesmas palavras, mas ressalta a soberania de Deus. Ler Salmos faz meus dias mais alegres, pois fico cantarolando o tempo todo essas palavras inspiradas por Deus.

E então? Vamos cantar comigo?

Tempo de Deus

Os irmãos de José se prostravam diante dele (Gn 44:14). Os sonhos que ele teve mais de vinte anos antes se cumpriam (Gn 37:6-9). O que parecia improvável se tornou possível pelo agir de Deus. José devia acreditar que não veria sua família nunca mais e de repente, ali estavam seus irmãos – todos os detalhes meticulosamente planejados por Deus: José com poder no Egito gerenciando um suprimento de mantimentos em um período de fome severa em toda a terra.

Deus sabe o que faz e Ele irá agir. Talvez em um, dois, dez, vinte ou cem anos – mas vai agir. Ele sabe o que é melhor para você e para mim – mesmo que a gente não entenda.

SENHOR, bem sei que podes fazer todas as coisas; nenhum dos Teus planos pode ser frustrado (Jó 42:2). E sabe qual o plano de Deus para você? Jesus.

Há caminho que parece certo ao homem, mas no final conduz à morte (Pv 14:12). Sabe qual o único caminho verdadeiro? Jesus.

Jesus é o caminho, a verdade e a vida (Jo 14:6). Não importa se para nós os planos de Deus parecem distantes. Deus trouxe a Israel o Salvador Jesus, como havia prometido (At 13:23), não no tempo que os homens julgaram conveniente, mas quando foi estabelecido pela Sua soberania. Aquele que prometeu é fiel (Hb 10:23b). Deus é sempre fiel e nos ama imensamente…

Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (Jo 3:16)

Descanse somente em Deus, ó minha alma; dEle vem a minha esperança.
SENHOR, em Ti espero; Tu me responderás, ó Senhor meu Deus!
Guia-me com a tua verdade e ensina-me, pois Tu és Deus, meu Salvador, e a minha esperança está em Ti o tempo todo.
(Sl 62:5 / 38:15 / 25:5)

Não se apresse. Espere em Deus e tudo terminará bem.

352º dia: 1 Tm 4-6

“Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo, o Salvador de todos os homens.” (1 Tm 4:10)

Estou um pouco sem palavras hoje. Gostei tanto do verso aí em cima… E ele fala por si… Tenham todos um ótimo domingo!!!! FIQUEM COM DEUS

321º dia: Gl 1-3

Paulo, que antes perseguia com afinco aqueles que pregavam o evangelho de Jesus Cristo, agora dedicava a vida para levar a palavra de Deus a todos. Paulo era um judeu que conhecia bem a história de seu povo e praticava a lei. Agora convertido, usava seu testemunho de vida e o grande conhecimento que tinha do antigo testamento para anunciar ao povo a Salvação de Deus, mediante a fé em Cristo Jesus.

A vida de Paulo é até hoje bom testemunho para nós. Nos mostra que podemos ser resgatados, por mais distante que pareçamos estar do caminho de Deus e que há perdão e misericórdia para aqueles que aceitam a Jesus como único e suficiente Salvador. Que hoje possamos fazer nossas as palavras de Paulo:

“Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.” (Gl 2:20)

313º dia: Jo 18-21

Jesus não está morto. Ele vive para sempre!

Felizes os que não viram e creram (Jo 20:29b).

A leitura de hoje foi o final dos evangelhos. E o texto apaixonado de João foi certamente um ótimo final. Para o fechamento do post de hoje, a letra de uma linda música. Espero que gostem!

Você Não Quer Aceitar?
 
Lança O feriu, Seu sangue escorreu
Coroa de espinhos em Sua fronte a sangrar
Tudo Ele fez pra te dar salvação
A este grande amor você não quer aceitar?
Cristo está presente aqui, cheio de glória e lágrimas no olhar
Seus braços abertos e marcas nas mãos
A este homem bom você não quer aceitar?
Veja Seus olhos repletos de amor
A te convidar: Vem a mim.
Como pode dizer-lhe hoje que pronto não está
E que do seu amor agora não vai precisar!
Cristo está esperando você
Levante o olhar e abra o seu coração
Pare então de resistir e entregue o viver
A Cristo, o Salvador, agora vem aceitar
Veja seus olhos repletos de amor
A te convidar: nbsp;Vem a mim
Como pode dizer-lhe hoje que pronto não está
e que do seu amor agora não vai precisar!
Abra o coração e levante seu olhar
A Cristo, o Salvador, agora vem aceitar
A Cristo, o Salvador, agora vem aceitar

301º dia: Lc 1-3

Simeão era um homem justo e temente a Deus e o Espírito Santo estava sobre ele (Lc 2:5).
Com o menino Jesus em seus braços (que Simeão já sabia ser o Cristo, conforme revelação do Espírito Santo) anunciou: “Eis que este é posto para queda e elevação de muitos em Israel” (Lc 2:34).

Não há meio termo: ou aceitamos Jesus como nosso SENHOR e salvador ou o rejeitamos. E seremos tratados de acordo com nossa escolha, conforme a justiça de Deus.

Para os dois reinos de Israel Ele será um santuário, mas também uma pedra de tropeço, uma rocha que faz cair. E para os habitantes de Jerusalém ele será uma armadilha e um laço. Muitos deles tropeçarão, cairão e serão despedaçados, presos no laço e capturados.
Mas para vocês que reverenciam o meu nome, o sol da justiça se levantará trazendo cura em suas asas. E vocês sairão e saltarão como bezerros soltos do curral.
(Is 8:14-15 / Ml 4:2-3)

190º dia: Is 7-9

Por isso o Senhor mesmo lhes dará um sinal:

A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e o chamará Emanuel. Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome:

Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.

Do aumento deste principado e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o firmar e o fortificar com juízo e com justiça, desde agora e para sempre; o zelo do SENHOR dos Exércitos fará isto. (Is 7:14 / 9:6, 7)

Acredito que nem o próprio Isaías fazia ideia da grandeza de suas palavras. Suas profecias foram cumpridas cerca de 700 anos mais tarde, com o nascimento de Jesus, nosso SENHOR e salvador.

Foi assim o nascimento de Jesus Cristo:

Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, mas, antes que se unissem, achou-se grávida pelo Espírito Santo. Por ser José, seu marido, um homem justo, e não querendo expô-la à desonra pública, pretendia anular o casamento secretamente. Mas, depois de ter pensado nisso, apareceu-lhe um anjo do Senhor em sonho e disse: “José, filho de Davi, não tema receber Maria como sua esposa, pois o que nela foi gerado procede do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, e você deverá dar-lhe o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados”.

Tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que o Senhor dissera pelo profeta: “A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe chamarão Emanuel” que significa “Deus conosco”. Ao acordar, José fez o que o anjo do Senhor lhe tinha ordenado e recebeu Maria como sua esposa. (Mt 1:18-24)